Novo

Planeta Dilacerado; Jidi Majia

Código do produto: 2021060221

Nível do stock suficiente

12,00 €
10,80
Você poupa 10 %


Planeta Dilacerado, Jidi Majia. Poesia. Tradução e prefácio de Nuno Júdice. Com ilustrações do autor. ISBN 978-989-54915-1-3. 64 pp. Sibila Publicações, 2021

    [...] «Esta é uma guerra de resistência que implica toda a humanidade.

    Não distingue lugares. Se me deixassem escolher, escolheria proteger cada vida

    antes de lançar mão de políticas abstractas para explicar

    o significado do que se denomina “liberdade”.

    Creio que Adorno e o poeta Cardenal estariam de acordo em que

    até a vida mais insignificante deveria estar acima das prédicas vazias.» [...]

«Jidi Majia nasceu em 1961 na província chinesa de Sichuan, oriundo de uma antiga família de etnia Yi. Esta sua origem é importante porque, ao lê-lo, encontramos o eco das antigas tradições populares com as quais conviveu na sua juventude. Embora tenha prosseguido os seus estudos universitários e se tenha alimentado da poesia de outros poetas do mundo, nunca pôs de parte esse complexo mítico que formou o seu imaginário desde a infância, e é ele que constitui o que podemos designar como um fundo épico que terá um equivalente no Pablo Neruda do Canto General. Jidi Majia vai buscar essas narrativas, que têm por base a religião antiga do seu povo, para as integrar numa mundivisão que lhe permite fazer conviver os acontecimentos do presente com um passado que, de certo modo, serve como a última referência para exorcizar o que parece ser uma punição para uma sociedade global que, em certo momento, acreditou no fim da História, como a pandemia que devastou, e devasta, o planeta.» — Nuno Júdice

O autor:

Jidi Majia (吉狄马加), um dos mais representativos poetas da literatura chinesa contemporânea e pertencente à etnia Yi, tem uma carreira literária de mais de trinta e cinco anos, internacionalmente reconhecida e aclamada. Oitenta livros seus, de prosa e poesia, foram traduzidos em mais de quarenta línguas. É actualmente o vice-presidente da Associacão Chinesa de Escritores.

Entre as suas obras principais contam-se os seguintes títulos: The Song of My First Love (《初恋的歌》); The Eagle’s Wing and the Sun (鹰翅与太阳》); Words of Fire (《火焰与词语》); I, the Leopard (《我,雪豹……); From the Leopard to Mayakovski (《从雪豹到马雅可夫斯基》); 24 Sonnets Dedicated to My Mother (给妈妈的24首十四行诗》); A Great River (《大河》). Em Portugal, a obra Palavras de Fogo, com tradução de José Luís Peixoto, foi publicada em 2019 pela editora Rosa de Porcelana.

Principais distinções: 1.º Prémio da 3.ª Edicão do Festival de Nova Poesia; Prémio Literário Guo Moro; Prémio Literário de Zhuangzhong; Medalha Sholokhov para a Literatura; Prémio Literário de Rougang; Prémio Humanitário Mkhiva; Medalha de Ouro do Pen Clube da China; Medalha Europeia Homero de Poesia e Arte; Prémio de Poesia de Bucareste; Salgueiro de Prata de Carreira Literária no Festival de Poesia Xu Zhimo do King’s College, em Cambridge; Prémio Literário Janicki; Prémio Tadeusza Micińskiego; Medalha de Zygmunta Krasinskiego; Prémio Internacional de Poesia Guayaquil.

Jidi Majia lancou diversos eventos poéticos internacionais de grande prestígio, tais como o Festival Internacional de Poesia do Lago Qinghai, o Forum Internacional de Poetas de Qinghai, a Semana Internacional de Poesia de Liangshang e Qionghai e a Semana Internacional de Poesia de Chengdu.

Procurar também nestas categorias: Categories, Novidades